Que falha, FSP!

Leia, divulgue.

[Aviso: esse post está 3 tons abaixo do que deveria, afinal um processo só já tá bom]

Hoje cedo a 5ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP julgou nosso Agravo de Instrumento (pedido de derrubada da liminar que nos tirou do ar). Perdemos por três votos a zero. Votaram a favor da Folha os juízes desembargadores Silvério Ribeiro (realtor do pedido), Antonio Carlos Mathias Coltro e Erickson Gavazza Marques, que presidia a sessão e classificou a saudosa FAlha de “flagrante caso de concorrência parasitária”, qualificação muito mais forte e conservadora do que a usada pela própria Folha.

Próximos passos: o processo segue correndo na Justiça, sem data para ser julgado. Hoje foi apenas o julgamento da nossa tentativa de derrubar a limin ar. Mas  a perspectiva não é das melhores: em primeira instância quem vai julgar é Nuncio Teophilo Neto, diretor da Faculdade de Direito do Mackenzie, que concedeu a liminar pra Folha. E, em segunda instância, o caso vai pra mesma trinca de desembargadores que favoreceu a Folha por 3 X 0 hoje…

Pô, no Law & Order é muito mais legal, os poderosos sempre perdem no final. Elliot, Olivia, socorro! 

Enfim, por favor nos ajude a fazer barulho, porque a coisa tá feia. Se perdermos, teremos que pagar uma indenização em dinheiro para a Folha (valor a ser definido pelo juiz) e abre-se um precedente tão ruim que prejudica a todos, inclusive a própria Folha, como você pode ver aqui.

XXXXXXX ——-XXXXX——XXXXXX

Retirado daqui:  DIVULGUE: http://goo.gl/gnlqg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s